Gente da Ilha

Dilsinho faz show no Iate Clube no próximo dia 30

Sempre acreditei nos meus sonhos

Celeiro de artistas renomados, a Ilha do Governador tem lançado grandes nomes no cenário musical. Atualmente quem se projeta como um dos maiores cantores de samba pop romântico nacional é o insulano Dilson Scher, que adotou o nome de Dilsinho, como é carinhosamente tratado pelos milhares de fãs. Aos 24 anos ele é sucesso nas rádios de todo o país, dono de uma voz inconfundível e canções que falam de amor, tema que tem conquistado cada vez mais fãs.

Gente da Ilha - 23/06/2017 - Edição nº 1838

Vangi criou cartilha para realizar trabalho de prevenção às drogas

Músico incentiva o combate às drogas

Em 1971 nascia no sertão da Bahia Vangi Souza que ao completar seis meses de vida foi trazido para o Rio de Janeiro pelos seus pais, Antônio e Isabel, que decidiram tentar a sorte no Rio de Janeiro. Vieram direto para a Ilha do Governador, mais precisamente no bairro dos Bancários. Fois nas escolas Dunshe de Abrantes e Mendes de Moraes, que Vangi começou a criar as raízes para a leitura que anos mais tarde o tornaram um grande escritor.

Gente da Ilha - 09/06/2017 - Edição nº 1836

O sorriso encantador é o cartão de visitas para a voz marcante de Nure

Nure, uma voz que brilha na Ilha

A cantora Nureane Menezes, ou como é conhecida popularmente, Nure Guidah, é nascida em Santa Cruz e insulana de coração. Cresceu em Campo Grande, junto com os pais, Margarete Menezes de Souza e Samuel Ramos de Souza, que trabalhavam muito para sustentar a família. Por causa do trabalho dos pais, ela passava boa parte do dia com a sua avó, Margarida Menezes, que lhe ensinou a cantar e se portar nos palcos desde nova.

Gente da Ilha - 26/05/2017 - Edição nº 1834

Ex-craque da Lusa, Zeca se orgulha de ter defendido o clube insulano

Zeca foi destaque contra o Real Madrid

Oswaldo José da Fonseca Almeida, mais conhecido como Zeca na família e entre os amigos, foi um dos maiores ídolos do futebol da Lusa. Nascido em Três Rios e criado em uma fazenda às margens do Rio Paraíba do Sul, ele até hoje é reconhecido e reverenciado nas ruas da Ilha pelos torcedores mais antigos da Portuguesa. Da infância, Zeca, se lembra do contato com a natureza, de nadar nos rios e lagos da região Centro-sul Fluminense, dos pomares, dos pais, irmãos e primos.

Gente da Ilha - 24/03/2017 - Edição nº 1825

Mais Lidas

1

15/10/2021 - Edição 2063

Restaurante Outback inaugura na Ilha

2
3

08/10/2021 - Edição 2062

Furto de fios na mira das autoridades