Opinião

Opinião

Nunca entendi porque o aumento anual aos aposentados é menor que o percentual de aumento para o salário mínimo dos trabalhadores em geral. Agora entendo menos. Poucos aplaudiram a medida da Câmara que aprovou nesta última quarta–feira (24), que iguala os percentuais de aumento para os aposentados que recebem além de um salário. Conheço muitas histórias de pessoas que se aposentaram com mais de um salário e com o passar dos anos amargam receber aposentadorias miseráveis, muito menores daquelas quando se aposentaram.

Opinião - 26/06/2015 - Edição nº 1734

Opinião

Com a determinação da prefeitura de proibir a circulação de vans no Centro, os passageiros da Ilha encontram sérias dificuldades de deslocamentos para outras regiões da cidade. Além da falta de linhas para a Zona Sul, região onde muitos insulanos trabalham, o uso dos ônibus para deslocamentos até o Centro é difícil, desconfortável e caro. Os ônibus tipo “frescão” como alternativa diária, é insuportável para o bolso de qualquer um. A opção por barcas continua com as incertezas de sempre, além dos poucos horários as embarcações são velhas e inseguras.

Opinião - 19/06/2015 - Edição nº 1733

Opinião

O PEU, Projeto de Estruturação e Urbanística que está sendo discutido na Câmara dos Vereadores gera grande expectativa nos grupos que mantêm interesse no desenvolvimento da Ilha do Governador. A perspectiva de ser aprovado o aumento de mais um andar nos novos prédios é polêmico e objetivamente pode incentivar a construção de unidades mais baratas, mas tem contraponto no aumento da população da Ilha e mais congestionamento de veículos nas ruas.

Opinião - 12/06/2015 - Edição nº 1732

Opinião

Nos últimos tempos, a Baía de Guanabara tem sido notícia na imprensa menos por sua incontestável beleza natural e mais, muito mais, pela poluição que tomou conta de toda a sua extensão nas últimas três décadas. Todas as montanhas de dólares investidas para melhorar as péssimas condições da água não obtiveram nenhum resultado positivo. Pior, o território da Ilha do Governador, inserido no contexto geográfico da baía é de todas as regiões localizadas nas margens a mais prejudicada pelos potenciais danos à saúde da população e aos graves prejuízos à economia da região. Incomoda muito a atrocidade que se faz contra a natureza. O crime ambiental contra a flora e a fauna é uma questão injustificada pela absoluta falta de cultura e de consciência do povo e das autoridades. É uma vergonha e totalmente impossível a realização de atividades de iatismo na Baía de Guanabara durante as Olimpíadas de 2016.

Opinião - 05/06/2015 - Edição nº 1731

Opinião

É preciso agradecer a Deus não ter acontecido um acidente de graves proporções com a velha embarcação Vital Brasil que ao final de uma viagem na noite de quinta e lotada de passageiros apresentou problemas mecânicos e chocou-se contra o Terminal do Cocotá. Uma tragédia poderia ter acontecido se o problema ocorresse no meio do trajeto e descontrolada a barca se chocasse contra outra embarcação ou uma dessas ilhas que ficam entre o Cocotá e a Praça XV.

Opinião - 08/05/2015 - Edição nº 1727

Opinião

Infelizmente as notícias publicadas nas últimas semanas nos jornais e veiculadas na televisão dão conta de um verdadeiro caos nas condições de saneamento das águas da Baía de Guanabara. As imagens são desoladoras e a quantidade de lixo flutuante é muito maior do que todos imaginavam. Os técnicos garantem que as provas de iatismo programadas para as Olimpíadas de 2016 das Olimpíadas devem ser transferidas de local porque não há mais tempo de fazer um trabalho sério que garanta a saúde dos atletas e a segurança das embarcações.

Opinião - 30/04/2015 - Edição nº 1726

Mais Lidas

1
2

09/10/2020 - Edição 2010

Arqueologia revela a história da Ilha