Boca no Trombone

Boca no Trombone

ORTOPEDISTA - Precisei de um ortopedista às 22h do último sábado (17) e não consegui nem nas clínicas particulares da Ilha. Como resposta, obtive que deveria esperar atendimento para o dia seguinte às 8h ou eu fosse ao Hospital Balbino na Vila da Penha. O atendimento público da Ilha é precário e o particular está indo pelo mesmo caminho. Jaqueline de Souza, via site.


23/11/2012 - Edição 1599

Os buracos nas ruas Ângelo Neves e Aristarco Ramos, no Moneró, prejudicam a passagem dos motoristas
Os buracos nas ruas Ângelo Neves e Aristarco Ramos, no Moneró, prejudicam a passagem dos motoristas

 

Lixo Na Rua Campos do João, esquina com a Rua do Monjolo, uma caçamba está acumulando muito lixo e atrai animais que rondam o local. Próximo dali também há um esgoto que está com um mau cheiro horrível. Luiz Arruda, por telefone. 634 No dia 16 peguei o ônibus da linha 634 (Sãens Pena x Freguesia) e o motorista conduzia o ônibus tão rápido que os passageiros tinham que gritar para ele parar nos pontos. É por isso que há acidentes graves no trânsito na llha rotineiramente. Marlene Alexandre, via facebook. Invasões Os moradores da Vila Militar, no Galeão, estão reféns das ações dos cracudos. Na minha rua, cinco casas já foram invadidas por eles, que circulam livremente pelo local. As autoridades precisam tomar providências para evitar que esses viciados entrem na região e continuem a cometer esses crimes. Fabiana D., via site. 17º BPM O pagode realizado todos os domingos na Rua Copiúva, 171, no Cacuia, está acabando com o sossego dos moradores e desrespeitando a lei do silêncio. Além de o som alto durar até depois do permitido, a rua fica um caos com motos e carros buzinando a todo o momento. O 17° BPM foi acionado, mas nem mesmo vieram até o local para averiguar a situação. Elaine Gonçalves, via site. Alambrado O alambrado que cercava o campo de futebol na Rua Alegre, no Jardim Guanabara, ficou podre e foi retirado pela prefeitura com a promessa de uma reforma, mas já se passaram quatro meses e a cerca ainda não foi colocada novamente. O campo, que era lazer de muitas pessoas, não está sendo aproveitado, pois a bola pode atingir os carros de alguns moradores que estacionam atrás das traves. Luis Eduardo Santiago, via e-mail. Orlas As praias do Zumbi, Pitangueiras, Engenhoca, da Bandeira e Freguesia estão com a sua orla abandonada. As calçadas, quando não estão completamente destruídas, estão tortas e fica inviável para os pedestres passarem pelo local e por isso, se arriscam pela rua. Ana Claudia, via e-mail. Aluno ladrão Na quarta (21), peguei o ônibus da linha 696 no ponto da pracinha do Iate com um grupo de estudantes, que vieram fazendo baderna e ainda tive o celular furtado. Quando eu liguei para saber onde estava o aparelho, quem atendeu me disse que “agora o celular era dele”. Coisa de bandido, não de estudante. Como professora, lamento demais. Muito mais do que a perda de um aparelho de pouco valor. Glória Rocha, via facebook. Trânsito Os flagrantes da imprudência no trânsito são nítidos em qualquer ponto da Ilha e não são somente os motoristas de kombis e vans os responsáveis por essas irregularidades. As autoridades deveriam começar a tomar atitudes para fiscalizar os motoristas de carros particulares que ignoram as leis de trânsito e ultrapassam os sinais da região. A situação está muito perigosa para os pedestres insulanos. Jorge Leonardo Ferreira, via facebook. Cracudos Minha mãe e mais uma senhora foram assaltadas pelos cracudos, dentro do ônibus da linha 328, entre os pontos da peixaria e da Casa Show. Eles entraram pela parte de trás do ônibus na Avenida Brasil na quarta-feira (21). Onde iremos parar com esses cracudos entrando na Ilha? Tássia Caroline, via facebook. Moscas As mesas próximas aos restaurantes que servem frutos do mar na praça de alimentação do Ilha Plaza estão cercadas de moscas. Demoram muito para serem limpas e os pratos sujos ficam expostos no local. Vera Lúcia Santos, via site. Resposta: O Ilha Plaza Shopping informou ao Ilha Notícias que realiza constantemente treinamentos com as equipes de limpeza, mas vai tomar providências para melhorar o serviço prestado ao cliente e a higienização do shopping. Ortopedista Precisei de um ortopedista às 22h do último sábado (17) e não consegui nem nas clínicas particulares da Ilha. Como resposta, obtive que deveria esperar atendimento para o dia seguinte às 8h ou eu fosse ao Hospital Balbino na Vila da Penha. O atendimento público da Ilha é precário e o particular está indo pelo mesmo caminho. Jaqueline de Souza, via site.