Notícias

Nure Guidah se reinventa em meio a crise

Sem os palcos, cantora resiste à pandemia com lives e aposta na gastronomia


31/07/2020 - Edição 2000

Nure Guidah faz apresentações online de MPB
Nure Guidah faz apresentações online de MPB

A pandemia do coronavírus mudou drasticamente a vida de quem trabalhava tendo contato direto com o público. O alto risco de contágio por conta de aglomerações impediu que diversos artistas se apresentassem em bares, restaurantes e clubes. Não foi diferente com a cantora Nureane Menezes, a Nure Guidah, que precisou se readaptar em tempos de crise.

A cantora vivia há oito anos exclusivamente com a renda proveniente da música e com a chegada do Covid-19 se viu numa situação bastante adversa. Ela, que estava acostumada a ter a agenda carregada ao longo da semana, teve que encarar a realidade da pandemia fora dos palcos.

— Foi um baque muito grande a quarentena. Eu, que antes da pandemia chegava a trabalhar os sete dias da semana, de repente passei a ter nenhum dia de trabalho. Me senti largada à deriva e sem saber o que fazer — conta Nure, lembrando que as primeiras semanas de isolamento social foram de dificuldade financeira.

Uma saída encontrada para a falta de shows foi a realização das lives. Ainda que não siga uma agenda rigorosa, Nure aumentou seu ritmo e tem feito as apresentações online com mais frequência, inclusive com a colaboração dos fãs através do couvert solidário.

Além da música, Nure Guidah resiste à crise atuando no ramo da culinária. A cantora vende pratos caseiros congelados e conta com a valiosa consultoria da chef insulana Rosiana Coelho, dona do quiosque Lá na Rosi, uma amiga que fez nos tempos que se apresentava no antigo Restaurante Ponta Pé Beach. O empreendimento gastronômico é chamado Sal da Terra e os produtos são vendidos por encomenda. “É uma medida que por enquanto é provisória, mas pode se tornar uma segunda opção de renda para mim”, conta.