Notícias

Motos irregulares na mira do 17º BPM

Comandante Simone diz que ações conjuntas da PM e Detran serão mais frequentes


10/09/2021 - Edição 2058

Simone, ao lado do sub-comandante Sandro Alves, quer mais ações em conjunto com demais órgãos públicos na região
Simone, ao lado do sub-comandante Sandro Alves, quer mais ações em conjunto com demais órgãos públicos na região

Há cerca de 45 dias no comando do 17ºBPM, a tenente-coronel Simone de Almeida Silva, aos poucos, implementa suas características na segurança pública da Ilha do Governador e da Ilha do Fundão. Nas primeiras semanas, ela procurou fazer um diagnóstico da região, verificando os principais problemas de momento e, principalmente, mantendo uma relação bem próxima à população insulana dando voz às demandas gerais.   

Uma das principais preocupações é o crescente no número de roubos de veículos, nas ruas do Jardim Guanabara e na Cidade Universitária, na Ilha do Fundão. Segundo a comandante, esses delitos estão sendo cometidos seguidamente por uma mesma quadrilha. Uma linha de investigação, em conjunto com a 37ªDP, levou a esta informação. E algumas ações de inteligência foram colocadas em prática para capturar os bandidos. Por outro lado, o roubo de rua, de carga e a letalidade violenta apresentam uma redução acentuada, superior a 100%.  

— Estamos realizando levantamentos de inteligência para reduzir os roubos de veículos e, em breve, iremos dar um fim a isso. Eu procuro ouvir a comunidade, e a população cobra ações que precisam ser conjuntas, com outros órgãos públicos, como ações contra a perturbação do sossego, questão de mobilidade e ordem pública. Um grande desafio do meu comando é atender os moradores da Ilha nestes anseios. E já comecei a fazer isso — afirma a comandante.  

Com relação a grande quantidade de motos sem placas nas ruas a comandante informou que vai intensificar o Programa Detran Seguro, e tentar resolver o problema. Na quarta-feira desta semana, as ações nesse sentido já começaram, com agentes da PM e do Detran realizando operações em diversos pontos da Ilha para fiscalizar essas irregularidades. 

A promessa, de acordo com a comandante Simone, é que essas fiscalizações sejam cada vez mais frequentes para reduzir a quantidade de motos irregulares nas ruas da Ilha. 

— Quero também nos próximos dias voltar com força ao patrulhamento ostensivo com motos. É uma dinâmica que gosto bastante pela mobilidade e a caraterística geográfica da região nos pede isso. Estamos buscando realocar policiais capacitados para o uso de motos. Teremos diariamente seis motos rodando, além das viaturas espalhadas por locais estratégicos — finaliza Simone.