Opinião

Opinião

A Ilha do Governador comemora em setembro, especialmente no dia 5, seus 450 anos. O marco dessa contagem começou em 1567 quando Mem de Sá doou ao sobrinho, o governador Moraes de Sá, as terras da Ilha. Daí em diante, diz a história, por cerca de quatro séculos o progresso na região antes ocupada por índios, foi lento e passou por etapas interessantes quando, por exemplo, se destacava como um próspero canavial e pela visita ocasional de D. Pedro I, que vinha banhar-se na biquinha da Praia da Bica depois das caçadas pela região.

Opinião - 01/09/2017 - Edição nº 1848

Opinião

Estou bastante assustado com a quantidade de assaltos que estão ocorrendo na Ilha do Governador desde o início do ano. Desde janeiro os crimes não param de crescer de modo assustador. Diariamente o Ilha Notícias recebe denúncias de moradores que foram assaltadas nas ruas ou em suas casas, enquanto a redação do jornal ouve relatos cada vez mais constantes de lojas comerciais vítimas da ação dos bandidos. Se por um lado, os criminosos estão cada dia mais audaciosos e cometem roubos em pleno horário comercial, como foi o caso do assalto praticado as 17h da tarde, da terça-feira (22), contra a unidade das Lojas Americanas, localizada na Estrada do Galeão. Por outro lado, a população não percebe nenhuma ação nova da polícia para combater esse verdadeiro tsunami de crimes de todos os tipos e a qualquer horário.

Opinião - 25/08/2017 - Edição nº 1847

Mais Lidas

1
2
3

31/07/2020 - Edição 2000

Nos bastidores da notícia

5