Boca no Trombone

A Brasília está abandonada em uma vaga na Praça Stuart Angel, na Portuguesa

Boca no trombone

RATOS - Não é nenhuma novidade informar a presença de ratazanas no Supermarket, no Cocotá. Mas hoje eu fiquei estarrecida com a sujeira que encontrei no mercado! O chão estava tão sujo que desisti das compras! As cestinhas são imundas e geralmente tenho nojo de colocar comida lá dentro. Os funcionários em "operação tartaruga", ficam de cara feia! Até quando disputaremos espaço com lixo e ratos? Será que sou chata demais por gostar de um lugar limpo e de ser bem atendida? Lucimar Zerio, via site.

Boca no Trombone - 25/05/2012 - Edição nº 1573

Lixo perto da Clínica da Família no Corredor Esportivo

Boca no trombone

TERRA DE NINGUÉM - Eu estou morando há dois meses na Ilha e não aguento mais o transporte local. As vans e kombis dominam totalmente as ruas, não respeitam as sinalizações, pontos e muito menos aos pedestres, falando besteiras no alto falante. Em alguns pontos específicos o abuso é ao extremo e ninguém faz nada. A Rua Comendador Bastos, perto do número 599 está dominada pelas vans. Lá é o ponto final e elas ficam no meio da passagem atrapalhando totalmente a rua. Na Estrada do Galeão, no ponto do mercado Extra, é impossível o ônibus para no ponto por causa das vans que fazem fila ali. Do jeito que esta não dá para ficar. A Ilha está abandonada.

Boca no Trombone - 05/04/2012 - Edição nº 1566

Mais Lidas

1

27/03/2020 - Edição 1982

Aplicativo conta com 75 motoristas

3

03/04/2020 - Edição 1983

Spobreto faz sucesso no Centro do Rio