Boca no Trombone

Raízes de árvores danificam a calçada do Corredor Esportivo. Risco de queda para os transeuntes

Boca no Trombone

Corredor Esportivo No Corredor Esportivo tem três quiosques de alvenaria, um deles usado pela Comlurb, que não faz nenhum tipo de manutenção. Está totalmente abandonado com esgoto a céu aberto e cano de água estourado. O imóvel parece uma favela dentro de um local agradável. Antônio Ribeiro, via e-mail. Calçadão Até quando o calçadão entre os quiosques Mexe México e Sushiro, na Praia da Bica, vai ficar afundado? Será que estão esperando alguém cair ou ser atropelado por ter que andar no meio da rua? André Rousso, via e-mail. Cedae A prefeitura esteve na Rua Visconde de Lamare na terça (12) para realizar pela segunda vez o conserto de um buraco junto à galeria de águas pluviais e mais uma vez não fizeram o trabalho direito. É um absurdo fazer um serviço duas vezes e não fazer direito. Haja dinheiro público para jogar fora. Jorge Luiz, via e-mail. Sinal oculto Uma amendoeira em frente à escola Abeilard Feijó, no Cocotá, na frente do sinal de trânsito. O pior é que no local existe uma câmera para multar avanços de sinal mas muitas vezes o motorista só enxerga o sinal já em cima. Comlurb, poda na árvore urgente. Vilmar Almeida, via e-mail. Manifestação Na terça (19) estava em um ônibus quando um bando de gente invadiu com paus e pedras, ofendendo e ameaçando as pessoas. Estes manifestantes não deixavam as pessoas descerem e uma senhora passou mal. Foram momentos de muita tensão. Alex Cruz, via e-mail Passarela imunda A passarela do Hipermercado Extra está em um estado lastimável. Não fazem reforma naquele local há muito tempo. O chão tem buracos, quase não há iluminação e sempre tem muito lixo. Para piorar, alguns moradores de rua aproveitam a passarela para dormir e fazer assaltos. Carlos Almeida, via Facebook. Sexo na Praia Estou com medo dos moradores de rua que estão morando sob os barcos na areia da Praia da Bica. Estava caminhando na manhã de domingo (17) pela orla e vi um casal fazendo sexo debaixo dos barcos. Fiquei chocada. As autoridades não podem permitir que essas pessoas façam moradia em locais públicos. É muito descaso com a população, tanto com os que têm teto, quanto com os que não têm. Nádia Guimarães, via telefone. Correios Estou indignada. Fui fazer uma compra pela internet e quando coloquei meu CEP para entrega (no Cocotá), apareceu a seguinte mensagem na tela: “os correios não estão mais realizando entregas para este CEP. Por isso a partir de agora, todas as encomendas destinadas para este endereço serão entregues na agência mais próxima, conforme comunicado que você receberá dos Correios”. Isso é um absurdo! O que está havendo com os Correios afinal? Márcia Pombo, Via Facebook. Esgoto vazando O esgoto na Estrada dos Maracajás voltou a vazar. Os engenheiros da Cedae parecem não entender muito de serviço hidráulico. Atenção prefeitura foram destinados mais de 90 milhões para as obras do “Morar Carioca” aqui na Vila Joaniza e ruas adjacentes. Façam um serviço decente. Chega de paliativos e enganação! Jayme de Bonna, via telefone. Barcas 1 A CCR-Barcas reiniciou o serviço das barcas na Ilha com uma embarcação velha cheirando a tinta. Os atrasos continuam e as baratas também. Nada mudou. Mário Fernando, via Facebook. Barcas 2 As barcas passaram por uma simples maquiagem. Já tinha decidido não andar devido aos problemas constantes, agora vendo que querem enganar os usuários, tenho certeza que não viajo mesmo. Depois dos momentos que eu e muitos passageiros vivenciamos quando a barca bateu no terminal, eu achava que esta empresa fosse melhorar o serviço, mas vejo que não. Janaína Santos, via Facebook. Serviço inacabado A prefeitura iniciou obras de conservação na pracinha atrás do shopping, mas foi só uma maquiagem e mesmo assim muito mal feita. Arrancaram os alambrados e não recolocaram; capinaram e não retiraram o mato e a questão dos usuários de drogas permanece igual, diariamente vemos vários por lá. André Stella, via e-mail. Coleta irregular Moro há 34 anos na Ilha do Governador e percebo que estamos vivendo um momento de descaso como nunca antes. Na Rua Uruaçu, no Jardim Carioca, os garis não estão fazendo a coleta de lixo. Com isso ratos e baratas começam a infestar o local. Absurdo e falta de comprometimento com a profissão e com a empresa. André Clark, via Facebook. Buracos Essas obras que estão sendo feitas na Ilha estão deixando muitos buracos abertos. Outro dia quase cai num buraco no Corredor Esportivo, na rua em frente ao Restaurante Crepe & Cevada. Será que ninguém fiscaliza as obras realizadas? Fátima Guedes, via Facebook. Cratera Caí com o carro em uma cratera no início da Estrada da Bica. Prejuízo: mil reais. Alinhamento, balanceamento, desempeno de roda e varias buchas. Sorte que o amortecedor ficou intacto. Vou mandar a conta para a Prefeitura. Simone Teixeira, via Facebook. Guerra Toda segunda-feira por volta de 6h jovens da Vila Joaniza atacam com pedras outros jovens do morro do Dendê que voltam de um baile funk na Vila do João. Os ataques acontecem no ponto de ônibus da Peixaria, na pista de entrada da Ilha. Quem está no ônibus indo trabalhar fica aterrorizado. A Polícia Militar precisa averiguar isso. Edvaldo Jardim, via Telefone. Praça do Grego Algumas lâmpadas na Praça do Grego, no Jardim Guanabara ficam acesas durante o dia. Em tempos de crise energética isso é mais que absurdo. André Rousso, via e-mail. Pedras perigosas Já pedi para o órgão que cuida da conservação de praças para retirar as pedras que estão com várias pontas para fora entre os brinquedos na praça que fica atrás do Hospital Paulino Werneck, mas ninguém apareceu. Os nossos filhos já não podem mais brincar porque se machucam. Sérgio Alberto, via e-mail.

Boca no Trombone - 22/05/2015 - Edição nº 1729

Mais Lidas

2

24/06/2022 - Edição 2099

PM intensifica operações nas favelas

4

24/06/2022 - Edição 2099

Agenda Caipira

5

24/06/2022 - Edição 2099

Você se lembra do atelier flutuante?